11 de nov de 2007

1+1+1+3+4+4+5=19












Já virou piada, estou sempre esquecendo alguma coisa, principalmente onde coloquei a chave do carro, esta é clássica, a bolsa, o celular, o controle da televisão...
Não passo um dia sem mobilizar todo mundo em função de uma busca qualquer.
Quando estamos em cima da hora pra sair é aquele corre-corre, cada um vai
para um lado reclamando que eu nunca ponho as coisas no mesmo lugar, que eu tenho que ser mais sistemática...a ladainha usual . Por minha vez, eu rio de mim mesma, o que parece ser pior, e resmungo que quando me conheceram eu já era assim, que tenho mil coisas para resolver ao mesmo tempo e não dá para arcar com tudo sem os pequenos deslizes desta ordem e, ainda, provoco dizendo que se este for meu maior defeito não devo ser tão mal assim. Além do mais, sou sempre atenta às datas comemorativas e lembro com detalhes de eventos do passado, letras de música e as chamadas inutilidades que eu adoro. Então, secretamente, prometo a mim mesma que quando voltar para casa da próxima vez, irei pendurar a chave nos ganchinhos em frente da porta que servem especialmente para este fim. Não adianta, é tudo em vão, eu sempre volto com pacotes na mão e corro para a cozinha, ou ainda trago as cartas que pego no mailbox e me dirijo ao gabinete para deixá-las sobre a escrivaninha. Resultado: acabo levando junto a chave, a bolsa, o celular e deixo tudo no caminho. O último esquecimento foi recente, mas devidamente contornado. Me preparei para receber Filipe com um jantar especial em seu aniversário, sexta passada, e preparei tudo que ele mais gosta de comer. Claro que não esqueci dos Brigadeiros e amigos chegados prometeram que trariam o bolo. Porém, na minha listinha, que nunca está completa, não incluí as velinhas. Na hora de cantar parabéns perceberam a falta das mesmas e antes que começassem a falar de minha desatenção, não tive dúvidas, fui ao ármario onde guardo as velas já sopradas em aniversários anteriores e, na falta de um 9 para completar o número desejado, o jeito foi contar com o estoque inteiro sobre o bolo. Pode falar quem quiser, é só conferir, todas elas juntas dão 19 na cabeça, ou melhor, no bolo!

3 comentários:

Anônimo disse...

Podem até chamar de esquecida, mas o povo tem que dá credito à criatividade!!!

Matheus disse...

A esquecidaa mais doidinha de todas!
mas a mais criativa de todas!
adoreii a solucao do problema!
kkkkkkkkkkkkkkk

Bjoo!

Anônimo disse...

Dri estava com saudades me vi nesta cena , não totalmente pois a criatividade è impar. Parabens, você é incrivel.Bjs Rê