16 de mai de 2011

Sobre o que Dizem as Caixas- ou a razão de tantas mudanças em minha vida

Sempre gostei de caixas. Coloridas, de todos os tamanhos, lembranças de tempos, lugares e pessoas distantes ou não, cheias de compartimentos, reentrâncias, fechaduras e segredos. Algo me faz crer que, todas elas, uma vez abertas, começam a contar histórias, assim como as caixinhas de música deixam escapar uma melodia cada vez que levantamos a tampa em busca de pequenos tesouros.

As caixas que abro em meu porão de lembranças , uma a uma, me colocam no colo e falam baixinho de coisas que muitas vezes já havia esquecido, algumas que nem gostaria de lembrar e outras ainda que, embora velhas conhecidas, voltam a surpreender. A verdade é que, atenta ao que dizem, sempre demoro mais do que o previsto pra colocá-las dentro dos enormes caixotes de mudança, estes também cheios de mistérios, quando na iminência de mais uma partida.

Então é por isso que não posso deixar que as raízes cheguem a tomar o lugar das asas ... é preciso sair, de porto em porto, de porta em porta, levando minhas caixas pra passear...caso contrário, ficariam caladas para sempre.



Picture- K. Madison Moore Contemporary Fine Artist- inspirado em Picasso. Outros trabalhos do mesmo autor baseados em obras dos grandes mestres: http://l.wbx.me/l/?p=1&instId=51f03c89-a0ad-4b80-8d2d-9a7ba815f329&token=336d033310e24d5a2d12abf7ec3ebda2617da8fe0000012fee6c284f&u=http%3A%2F%2Fwww.kmadisonmooreartistportfolio.com