29 de abr de 2006

PROM



Quando a gente pensa que já sabe tudo desta cultura, aparece mais uma coisinha pra aprender. E agora com filho terminando a High School, tem surgido novidades mil. A de hoje foi a festa do Prom, celebração que marca o fim de uma maratona de pelo menos 12 anos de estudos. Prom é abreviatura da palavra promonade, uma referência as danças formais do fim do século XIX. As primeiras festas deste tipo tiveram início nos anos 20 e nos anos 30 já eram bem comum em todo país. Claro que nada se compara a superprodução organizada nos dias de hoje, mas mantêm uma certa similaridade. Sabe-se que os jovens daquela época eram incentivados pelos pais e professores a comparecerem ao evento, a fim de desenvolverem habilidades sociais. A festa se dava no ginásio da escola, decorado com simplicidade e metros e metros de papel crepom colorido. Rapazes de paletó e moças em roupa de domingo jantavam juntos no fim da tarde e então dançavam com desenvoltura no salão. Claro que antes disso, os então convivas teriam enfrentado seus medos e insegurança, assim como os jovens de hoje, e também seus desejos, por vezes secretos, na busca do seu par ideal. Muitas vezes o baile era apenas um pretexto para que uma paixão recolhida finalmente viesse à tona. Tarefa impossível para os mais tímidos, esta era, e continua sendo, a parte mais difícil, mas não a única, nem a última. Hoje, convite aceito, muito há a ser feito e gasto até a chegada do grande dia. Na verdade, a indústria do Prom faz gerar milhões de dólares com a venda de vestidos cor de rosa, sapatos de saltos enormes, bouquet de flores naturais, paletós e fraques elegantes, quilos de maquiagem, laquê de cabelo, gel, limousines luxuosas e muito, muito brilho. E no meio de toda briga das americanas por igualdade, ainda se espera que os rapazes se responsabilzem pelos custos com as flores, o jantar, o transporte e as fotos de estúdio. É o preço, quase sempre bem alto, que pagam para dançar com a Cinderela de seus sonhos. Dizem as más linguas , que é mais ou menos uma amostra do que viverão dali pra frente caso, ao soar das doze badaladas, ao invés de correr, elas decidam não sair mais do seu pé.




http://www.bookrags.com/history/popculture/prom-bbbb-02/ Posted by Picasa

2 comentários:

Marcia Duarte disse...

Pode até ser caro mas vale a pena ver mais este sonho realizado. Parabens para todos vcs. E agora brincando mesmo ... a garota que ele estava (linda como uma pintura) vale qualqer sacrificio.
Oh dois lindos!!!! Não sobrou pra mais ninguem.
Bjs

Nina disse...

Tavam muito lindos mesmo!
Os mais bonitos do prom.
arrasaram!
Beijao