11 de set de 2006

11 de Setembro de 2001


Há cinco anos atrás, quando ela tinha 8 anos, passou a viver em um país distante e, por longos seis meses, não entendeu nada do que lá se falava.
Foi e voltou em um ônibus amarelo da escola, onde almoçou todos os dias, sem nunca entender porque jamais serviram arroz e feijão no lugar de pizza e cachorro-quente.
Em casa, não encontrou nenhum brinquedo dos que havia brincado até então e teve que aprender a jogar baseball e não mais futebol, que aprendeu a chamar de soccer.
As roupas que tinha não a protegeram devidamente do frio, sensação jamais vivenciada, e se encontrou no espelho vestida com casacos alheios, cores que não eram as suas preferidas, tamanho que não era exatamente o seu.
Não foi mais a casa dos avós aos domingos, nem mais a praia com o pai e os amigos. Olhou para os lados e não reconheceu nada do que via.


Talvez por isso, quando viu na TV os dois aviões atravessando as Torres Gêmeas, em Nova York, o fogo, o medo e as lágrimas, não se desesperou. Pegou uma folha de papel e um lápis e registrou o ocorrido, como quem assistiu a um filme.


Picture by Daniela Lima-2001 Posted by Picasa

3 comentários:

Matheus disse...

driiii
tenho assistido mtss documentarios sobre esse dia...td mt tristee!
bom msm eh ver com esses olhos ai!

adoroo td isso aqui!

e amuh mt tuh!

bjo!

Nina disse...

Own meu deeeeusuuu

tudo mt triste mesmo viu o q aconteceeeu=~~~~~


saudadeeees
amo vcs;****

Nathaly disse...

Tao linda essa Dani! Saudades de vcs!