28 de jan de 2006

Saudade de Azul

 
Hoje sou pipa com saudade de azul, da brisa que me mantem alta, fingindo que obedeco ao puxar firme do barbante preso a mao que corre agil. Sonho, como convem as pipas, com o dia em que um vento mais forte me arrebate e me torne pequena ao olhar dos que ficam. Temo,toda pipa o faria, os fios eletricos cegos e estupidos que morrerao acreditando que voar e privilegio dos que tem asas. Hoje sou pipa com saudade de azul... Posted by Picasa

Nenhum comentário: