1 de jan de 2007

A Janela Dele



A janela dele parece ser a mesma que a dela, mas de fato não é. O cenário através da vidraça também traz algo de familiar, para ele e para ela, mas eles sequer habitam a mesma cidade. Todavia, é provável que, mesmo sem se saberem, ele e ela, viam o mundo através da mesma janela. Talvez tenham olhado para fora tantas vezes a espera, um do outro, sem imaginar que estavam, de uma forma que a razão não explica, lado a lado, debruçados sobre a mesma janela.

Picture by Michael B.

Um comentário:

Anônimo disse...

Que texto bonito, irma. E onde ficam estas janelas....?